Uma das coisas mais certa na vida dos brasileiros é que eles irão tomar um café, em algum momento da vida. Seja para acordar, relaxar ou para um evento social, o cafezinho está sempre presente, compartilhando diversos momentos com as pessoas. Além das pessoas que bebem por gostar do café, existem as pessoas que são verdadeiras apreciadoras, degustadoras, que provam os grãos de diversos lugares do mundo.

E, apesar de degustarem o café, muitas dessas pessoas não conhecem o processo pelo qual ele é produzido. Os processos feitos para que possam gerar o café, como o plantio, a florada, a colheita, a lavagem e a separação dos grãos, o processo de secagem, torrefação e moagem dos grãos, até o seu encaixotamento, são desconhecidos da maioria.

Esse processo é bastante utilizado na produção de vários tipos de cafés. Apenas um não é feito dessa forma e é justamente sobre ele que este texto irá falar. Você conhece o café orgânico? Não? Fique por aqui e saiba tudo sobre o café orgânico.


O que é café orgânico?

plantação de café, plantação de café orgânico

O café orgânico é assim chamado porque ele é produzido sem adicionantes de agrotóxicos, ou de diversos outros produtos que são utilizados no processo de produção do café tradicional.

A diferença também está no solo em que é cultivado o café orgânico. Quando se refere ao café orgânico, existe toda uma agricultura baseada no cuidado, processo este que corresponde do plantio até o consumidor comprá-lo. Enquanto outros tipos de cafés utilizam fertilizantes químicos, o café orgânico adota medidas como o adubo verde e fortaleza no desenvolvimento do plantio, fazendo com que o produto não entre em contato com pragas ou doenças.


Quais são os benefícios do café orgânico?

xícaras de café

O simples consumo de café orgânico já é um alívio e traz benefícios para a saúde, além de ser um produto sustentável. Por mais que o seu preço seja um pouco mais alto que o café tradicional, o seu consumo está cada vez mais aumentando no Brasil.

No tratamento do café tradicional, são adicionados elementos químicos que podem causar acúmulo de gordura corporal, danos ao sistema nervoso e até mesmo no reprodutivo. Já o café orgânico possui uma grande quantidade de antioxidantes, que ajudam a retardar o processo de envelhecimento, além de contribuir para que doenças como o Mal de Parkinson, Alzheimer e a cirrose hepática sejam evitadas.

A cafeína do café orgânico atua nos mecanismos dos cérebros, ativando-os, para que possam contribuir no desenvolvimento de neurônios, fazendo com que as células-tronco sejam ativadas, se transformando em novos neurônios.

O café orgânico possui uma grande quantidade de cafeína e é por isso que a pessoa não pode consumi-lo em grande quantidade, abusando do seu uso. Principalmente as pessoas que sofrem de pressão alta, mulheres que estejam grávidas ou crianças. A utilização em excesso é que faz mal para o organismo.

O café orgânico possui benefícios que contribuem diretamente para a saúde. Todo o cuidado que é tido com cada grão de café orgânico é para que eles possam contribuir significativamente com a sua saúde, ajudando no seu bem-estar ambiental e social.

Compartilhe esse artigo: