É difícil encontrar uma pessoa que não goste de café. O café é um companheiro inseparável, sempre pronto para atender a pessoa, a qualquer hora do dia. Com isso, é grande o seu consumo e é difícil passar um dia sem poder tomar uma xícara de café.

Nos bares, restaurantes, padarias, é sempre uma boa pedida. Contém substâncias que dão estímulo ao corpo, fazendo com que a pessoa tenha mais energia, esteja mais disposta a encarar o dia a dia.

O café possui diferentes formas, se apresenta em muitas variedades, o que faz dele ser especial para cada um que o experimenta. E, por possuir diferentes formas, este texto tem por objetivo apresentar a você uma dessas formas. Hoje o tipo de café que será falado é o torrado.


O que é café torrado?

Café torrado é o grão do fruto maduro, de diferentes espécies do gênero Coffea, onde as suas principais são Coffea arabica, Coffea liberica e Coffea robusta. Ele é submetido a tratamento térmico, até que fique na condição ideal para que possa ser embalado e vendido.

O café torrado não chega a ser moído, o processo dele se dá apenas sendo torrado. Ele é o tipo de café mais utilizado para o café espresso, sendo o preferido para as pessoas que gostam de consumir o café coado, mais ainda se estiverem sempre fresco.

Como características principais, o café torrado deve ser constituído de grão torrados procedentes de espécies vegetais genuínas, saudáveis e limpas, ou então, do pó que é proveniente delas. Há uma tolerância de, no máximo, 1% de impurezas no café torrado, em grão ou moído. Impurezas essas que podem ser cascas, paus, entre outras.


Grão de café torrado, pó do café, e o café liquido pronto

Como se dá o processo de torrefação do café?

O grão do café, por si só, não apresenta um gosto muito bom, e é por isso que ele necessita passar por um processo de torrefação para que possa ficar com melhor aroma e sabor.

Independente da forma como se apresentam, seja arábica ou robusta, todos esses grãos são cozinhados, numa temperatura elevada, a fim de que possam atingir o melhor sabor e cor.

Os grãos são aquecidos a uma temperatura de 180 a 240 graus, durante um período de sete a quinze minutos, até que se alcance o tipo de torra que deseja. Quanto mais tempo o café estiver nesse processo, mais escura será a sua cor.

Assim, o processo pelo qual o café passa pela torra é feito apenas por algumas pessoas, e é por isso que existe diferença entre um café e outro, uma marca e outra. O processo de torrefação só pode ser considerado ideal quando a pessoa que está controlando esse processo utilize dos seus sentidos, especificamente da visão, da audição e do olfato. Isso para que ele possa saber exatamente o momento em que os grãos estão torrados de forma correta.


Como o café torrado é encontrado no mercado?

O produto recebe o nome de café torrado, mas também pode ser encontrado no mercado com as nomeações de “café torrado e moído” e “café torrado, em grão”.

Sendo essas duas, as classificações que o café torrado recebe.

Compartilhe esse artigo: