O café expresso é uma das bebidas mais consumidas no mundo. Em bares, restaurantes e cafeterias, é certo que uma das bebidas mais solicitadas é o café.

O nome café expresso começou a ser utilizado na Itália, na segunda metade do século XIX, muito antes de começarem a fabricar as máquinas de café expresso. O café era uma bebida que tinha como objetivo satisfazer uma ordem e, para isso, era preparado com a maior pressa do mundo. Para isso, de forma que o café espresso pudesse ser considerado perfeito, era preciso que ele cumprisse os seguintes requisitos:

  • Tinha que ser feito a partir dos grãos de café frescos que tivessem sido torrados há menos de duas semanas;
  • Tinha que ser moído um pouco antes da mistura;
  • E deveria ser misturado um pouco antes de ser bebido.

Dessa data em diante, foram desenvolvidos novos materiais e novas máquinas, a fim de que o café fosse feito de forma mais rápida e mais fresca possível.


Quando surgiu a primeira máquina de café torrado?

A primeira máquina de café torrado foi apresentada ao mundo no meio do ano de 1901, sendo patenteada por Luigi Bezzera. Era nada mais do que um equipamento bem simples, que possuía uma caldeira e quatro divisões e funcionava a vapor.

Recebeu o nome de Tipo Gigante, devido às suas medidas, sendo a pioneira da época em que se tomava café espresso.

A partir do século XX, surgem diversas empresas que estavam relacionadas à produção e comercialização das máquinas de café expresso. No ano de 1903, Desiderio Pavoni compra a patente de Luigi e inicia assim, a produção de máquinas de café torrado. Dois anos depois, produz a sua primeira máquina, chamada de La Pavoni.

La Pavoni
La Pavoni, 1905. Crédito da foto: The University of Sydney

Site oficial - La Pavoni

Nessa mesma época, Tereso Arduino funda a sua empresa chamada de Victoria Arduino e, em conjunto com Pavoni, divulga o café espresso por toda a Itália.
Com o passar dos anos, diversas outras marcas e empresas foram surgindo, fazendo com que a produção de máquinas de café torrado fosse crescendo de forma exponencial, cravando uma posição de destaque no mercado mundial.

Site oficial - Victoria Arduino


Quais são as melhores máquinas de café do mercado?

As melhores marcas de máquinas de café do mercado são:


Sanremo Milano Eletrônica


Sanremo Milano Eletrônica

Que é uma máquina de café profissional que oferece o melhor em relação a preço-qualidade. Para quem está iniciando no mundo dos negócios de café, é ideal. Possui a maior produtividade de bebidas feitas com leite, além da melhor extração do grão de café, graças à pré-infução eletrônica, presente apenas na versão automática.

É capaz de reduzir as perdas e aumenta a qualidade no serviço, mostrando eficiência no tempo do seu preparo.

No mercado, seu valor é de R$ 38.900,00.

Veja na loja online


Green Compact Me - Promac


Green Compact Me - Promac

Máquina de café profissional, automática, importada da Itália. Possui 2 grupos para saída de café e 2 hastes devapor, o que faz da Green Compact uma máquina com excelente qualidade e ótimo desempenho.

Com ela, é possível realizar a extração do café espresso perfeito. Possui baixo consumo de energia, sistema de limpeza simples, design moderno e fácil operação.

Seu valor é de R$ 18.090,00

Veja na loja online


Dica: Pesquise valores em no mínimo 3 lojas antes de fechar negócio.


Veja também: Como me tornar um barista? Saiba como ser especialista em café

Compartilhe esse artigo: