Antigamente, só existia uma forma de preparar e beber café: do modo tradicional, fervendo a água, passando pelo coador, temperando-o com a quantidade certa de açúcar ou adoçante e fazendo a apreciação dele.

Hoje em dia, com toda a evolução conquistada pela tecnologia, até o modo como o café é preparado foi afetado. Podendo ser servido de diversas formas, hoje até uma simples cápsula de café, posta numa cafeteira apropriada, transforma a bebida preferida dos brasileiros, de forma prática e rápida.

Mas quando foi que surgiram as primeiras cápsulas de café? Quem foi que inventou servir a bebida nessa forma? Todas essas perguntas serão respondidas ao longo deste texto.

Fique por aqui e descubra tudo sobre as cápsulas de café.


Nespresso

capsulas de café, nespresso

A história do café em cápsulas tem a ver com a Nespresso, que é a empresa que apresentou ao Brasil o café em cápsula, em 2006, onde apenas a marca possuía autorização para comercializar esse produto no país. Os cafés em cápsulas vinham da Suíça, onde estão localizadas três grandes fábricas da Nespresso.

Quando chega o ano de 2013 e há uma queda de patentes, começam a surgir diversos modelos compatíveis com o que era apresentado pela Nespresso.

Com isso, abriu-se um mercado paralelo, onde quem ficou em evidência foi o café vendido em cápsula. Além de possuírem um valor mais em conta, eles são facilmente encontrados nos mercados, o que não acontece com as cápsulas da Nespresso, que são vendidas apenas pelo site ou nos stands licenciados da companhia.


Como são preparados os cafés em cápsulas?

capsulas de café

As cápsulas hermeticamente seladas são feitas em folhas de alumínio. Independente da máquina em que elas serão inseridas, o processo em si não muda: a parte superior da cápsula é perfurada, com a alavanca da máquina ficando abaixo dela. Existem máquinas que fazem apenas um furo, onde cai o café da cápsula, outros já fazem diversos furos menores.

Quando a máquina é ligada, a água quente sobe com alta pressão, bombeando os buracos que foram perfurados na parte mais estreita da cápsula. Com isso, o fundo da cápsula ficará curvado. A base onde fica a cápsula tem alguns quadrados de relevo, que fazem a folha se romper, exatamente nesses pontos.

O café preparado cairá da cápsula, passando por esses furos, fluindo através de um funil de bico para a chávena de café. Existe uma válvula de segurança de alívio de pressão que evita que haja uma explosão.


Quais as marcas, os sabores e os valores das cápsulas de café?

Existem diversas marcas que oferecem o café em cápsula, exatamente porque essa é uma tendência natural do qual a população está fazendo uso. A praticidade, rapidez e a forma como são feitos oferecem uma grande vantagem em relação às outras formas. Assim sendo, nos mercados, entre as diversas marcas disponíveis, temos:

Três Corações: As cápsulas variam entre R$ 0,99 e R$ 1,59. Vendido em linhas, possui os sabores: Vibrante, Atento, Decaf, Pleno, Ameno, Supremo e Seleção.

capsulas de café, café três corações


Nespresso: Os valores variam entre R$ 1,90 e R$ 2,70. Vendida em linhas, possui as seguintes formas: Intenso, Espresso, Pure Origin, Lungo, Decaffeinato e Variations.

capsulas de café, nespresso

Compartilhe esse artigo: